Não há nada pior do que se ver envolvido em um procedimento investigatório ou figurar como acusado em Ação Penal, seja ela promovida por particular ou pelo Estado.

Isso realmente é algo que certamente nos tira o sono e gera muita ansiedade e desconforto, justamente por estar em jogo nosso bem mais precioso, que é a liberdade e a vida pregressa.

Diversas dúvidas surgem e pairam sob as nossas cabeças, dentre as mais comuns, estão:

  • Será que a polícia irá me conduzir a força caso eu não compareça na data informada?
  • Posso ser preso preventivamente pela ocorrência deflagrada?
  • Será que serei denunciado pelo Ministério Público?
  • Serei indiciado pelo Delegado?
  • Posso ficar em silêncio?
  • O que esta situação repercute na minha vida pregressa?
  • O que representará uma futura condenação?
  • Como será a minha defesa?
  • O que de pior pode acontecer no meu caso?
  • Já respondi processo criminal anteriormente e agora?
  • Não sou primário, qual será o reflexo disto?
  • Sou primário, nunca respondi qualquer processo, mesmo assim posso ser preso?
  • Quanto tempo levará o processo?

Dentre estas, várias outras…

Todos esses questionamentos são extremamente comuns e podem ser esclarecidos por um advogado criminal, ou como chamado por muitos, advogado criminalista – na verdade, um profissional especialista da área criminal. Nesta hora, manter a calma, não agir por impulso e contar com a experiência de um advogado criminal para lhe representar é a decisão mais acertada.

É importante saber que toda acusação criminal, normalmente, inicia-se com a instauração do inquérito policial, que envolve o investigado em algum fato criminal entre os vários artigos dispostos no Código Penal.

Após este procedimento, o investigado é intimado para prestar esclarecimento na Delegacia de Polícia, mas fica o alerta que este é um dos momentos primordiais para o sucesso e desenvolvimento de uma boa defesa criminal, pois é neste momento que o acusado dará sua primeira versão sobre os fatos perante a Autoridade Policial.

O Paz Mendes Advogados é um escritório criminalista, formado por uma preparada, já testada e capacitada equipe, que atende em regime de plantão, ou seja, 24 horas, fornece alta qualidade e ética no desempenho de sua atividade profissional, sempre prezando pelo máximo sigilo das informações confiadas.

A equipe de advogados criminalistas sp atua em qualquer tipo de crime ou contravenção, tem vasta experiência em diversas causas criminais, com preparo, organização e estrutura adequada para prestar desde simples orientações, antes mesmo do cometimento e evitando assim a prática involuntária de algum crime, até a interposição dos recursos mais complexos.

Possui grande habilidade na atuação em Delegacias – policia estadual e policia federal, principalmente em audiência de custódia, e, na maioria das vezes (depende do tipo de crime) sabe o que é necessário entregar ao juiz para que o preso seja posto imediatamente em liberdade.

A equipe proporciona um atendimento diferenciado, discreto e com pessoalidade, visando o desempenho da atividade advocatícia com a máxima eficiência e agilidade, buscando sempre os melhores resultados.

Advogados responsáveis:

  • Alex Alves Gomes Paz – OAB/SP 271.335 – Telefone: (11) 996.43.43.43 – WhatsApp
  • Roberto Crunfli Mendes – OAB/SP 261.792 – Telefone: (11) 982.67.22.43 – WhatsApp

 

DÚVIDAS MAIS COMUNS:

É possível pedir acesso a informações a respeito de investigações ou inquéritos policiais na Polícia Federal?

Resp. Não. O acesso a informações relacionadas a investigações criminais ou inquéritos policiais conduzidos pela Polícia Federal não está abrangido pela Lei de Acesso à Informação – LAI, na medida em que a matéria é regida por legislação específica, estando submetida à sistemática do Código de Processo Penal, que em seu art. 20 determina que a “autoridade assegurará no inquérito o sigilo necessário à elucidação do fato ou exigido pelo interesse da sociedade”, bem como à interpretação vinculante da Súmula nº 14 do Supremo Tribunal Federal. Esse posicionamento tem fundamento no art. 6º, inciso I, do Decreto nº 7.724/2012, em que se prevê que o “acesso à informação disciplinado neste Decreto não se aplica” às “hipóteses de sigilo previstas na legislação”.

  1. Fui intimado pela Polícia Civil ou Federal Para prestar esclarecimento o que fazer?

Resp. A intimação policial ocorre ou porque você é testemunha de algum fato criminal ou porque você é investigado em algum inquérito policial.

  1. É necessário contratar advogado para me acompanhar na delegacia?

Resp. Se você é investigado, recomendamos, pois é o momento principal para o sucesso de sua defesa criminal.

  1. Compareci na Delegacia sem advogado e acabei sendo indiciado pelo crime que estão me acusando e agora o que fazer?

Resp. Se você foi indiciado é porque provavelmente autoridade policial se convenceu que existem indícios de que você é o Autor do Crime praticado.

  1. Recebi uma intimação do Oficial de Justiça do Fórum da Justiça Federal Criminal ou Justiça Criminal Estadual para apresentar minha defesa preliminar criminal no prazo de 10 dias o que significa?

Resp. significa que você não é mais investigado e sim réu em uma ação penal e deverá constituir advogado criminalista o quanto antes para a elaboração de sua defesa.

  1. Fui preso em flagrante delito ou preventivamente pela justiça o que fazer?

Resp. A primeira coisa a fazer em caso de prisão em flagrante é manter a calma, segundo exija seu direito constitucional de telefonar para um familiar e se manter em silêncio e sempre que possível informar que deseja ser acompanhado por advogado.  

  1. Fui intimado pela Polícia Civil ou Pela Polícia Federal Para prestar esclarecimento o que fazer?

Resp. A intimação policial decorre por dois motivos, ou porque você é testemunha de algum fato criminal ou porque você é investigado em algum inquérito policial.

  1. É necessário contratar advogado para me acompanhar na delegacia?

Resp. A contratação de advogado, como em qualquer outra profissão decorre do interesse do cliente.

  1. Compareci na Delegacia sem advogado e acabei sendo indiciado pelo crime que estão me acusando e agora o que fazer?

Resp. Se você foi indiciado é porque provavelmente a autoridade policial se convenceu que existem indícios de que você é o Autor do Crime praticado.

  1. Recebi uma intimação do Oficial de Justiça do Fórum da Justiça Federal Criminal ou Justiça Criminal Estadual para apresentar minha defesa preliminar criminal no prazo de 10 dias o que significa?

Resp. Significa que você não é mais investigado e sim réu em uma ação penal e deverá providenciar sua defesa no prazo legal.

Quero entrar em Contato

Posts relacionados

Faça um comentário:

Comentários